Chile em 5 dias e meio: Valparaíso e Viña del Mar (parte 2/2)

quarta-feira, novembro 06, 2019

Continuando a postagem sobre o Chi Chi Chi Le Le Le rsrs (viagem feita em 2014).

*Para saber quais passeios fizemos em Santiago, veja a parte 1 (clique aqui).

Como o maioria dos turistas, passamos um dia visitando Valparaíso e Viña del Mar. Até gostaria de ter reservado um dia em cada cidade, mas nosso tempo estava curto, então, conhecemos as duas no mesmo dia. Muuuuuitas pessoas fazem isso, mas sinceramente, eu não achei interessante. Poderia ter ficado um dia em cada cidade, para ter tempo de conhecer os principais pontos turísticos. Fica para a próxima :)

Como não fechamos o passeio com agências de turismo, fomos por conta própria, tivemos duas impressões:

1) foi ótimo não depender de ninguém para passear e voltar. Fizemos no nosso horário, no nosso tempo, entretanto...

2) não ter um guia dificultou um pouco a nossa ida para os pontos turísticos, já que estávamos sem mapa. Dificuldade que não encontramos em Santiago (por conta do metrô).

OBS: Para chegar até Valparaíso, pegamos 2 pedágios e gastamos $ 2.5000 em cada (valor de 2014). E os pedágios são pagos em dinheiro.



Valparaíso

A viagem de carro de Santiago para Valparaíso dura em média 1h30, fica à 115 km de Santiago (pegamos a Ruta 68).

Valparaíso é uma cidadezinha aconchegante, com quase 295.000 habitantes e é banhada pelo Oceano Pacífico. Colorida e cheio de vida, a Valpo é considerada Patrimônio Histórico da Humanidade e foi fundada em 3 de setembro, de 1544.




Como nossa passagem foi bem corrida, acabamos andando pouco por lá. Vou listar abaixo os lugares visitados:

La Sebastiana

Meu objetivo nesta viagem, era visitar as três casas de Neruda, mas não conseguimos :( A única que deu certo foi a La Sebastiana. Pablo Neruda foi o maior poeta chileno e um dos mais importantes da América Latina, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1971.

A terceira casa de Pablo Neruda, foi comprada em 1959. Quando estava a procura de uma casa em Valparaíso, o poeta fez uma série de recomendações, sobre como sua nova casa deveria ser. Algumas foram: não deveria ser muito morro acima e nem muito abaixo; deveria ser solitária, mas nem tanto; nem tão grande, nem tão pequena; e deveria ser muito barata. Após muito procurarem, encontraram essa casa, construída no Cerro Florida, pelo espanhol Sebastían Collado. Em 1949, Sebastían morreu e a casa ficou por anos abandonada e inacabada.




Neruda gostou da casa, mas achou ela muito grande, então comprou juntamente com seus amigos Marie Martner e Francisco Velasco. O casal ficou com o subsolo, o pátio e os dois primeiros pisos e Neruda ficou com o terceiro e o quarto andar. Fizeram as reformas necessárias e terminaram de contruí-la depois de 3 anos (incluindo o quinto andar). Em 18 de setembro de 1961, a casa foi inaugurada e intitulada "La Sebastiana", em homenagem à Sebastían Collado.

A casa foi saqueada logo após o golpe militar de Pinochet, em 1973 e Neruda faleceu em Santiago, poucos dias depois. Dizem que que administraram uma bactéria altamente letal no poeta, enquanto ele estava na clínica. O laudo consta morte por "agravamento do câncer de próstata".


Bom, agora vamos falar sobre a visita em La Sebastiana rsrs. Não é necessário fazer reserva, só chegar e comprar os ingressos. Acredito que seja melhor fazer a visita cedo, pois tem um limite de ingressos a venda por dia. No ingresso já está disponível o audioguia em 6 idiomas: inglês, português, francês, alemão, italiano e espanhol. Você vai passando pelos cômodos e andares e neles constam o número para ouvir no audioguia curiosidades, histórias e informações sobre as obras, mapas, objetos...





Neruda colecionava obras, objetos que comprava no porto (como um cavalinho de madeira e uma caixa de música) e os cômodos tem uma decoração bem litorânea mesmo, os objetos compõe com proeza os espaços. A vista é de arrasar, muito linda! Não foi a toa a escolha do poeta pelos andares mais altos da casa.

Eu gostei da visita, repleta da vida de Neruda, mas em relação a arquitetura, achei a casa super apertada. Não aconselho a visita para idosos, pois é necessários subir vários lances de escadas super estreitas!

OBS: afastada dos principais pontos turísticos, melhor ir de carro ou táxi (caso você vá para a cidade de ônibus).

Endereço: Calle Ricardo de Ferrari, 692, Valparaíso.

Valor: $ 7.000 (pagamos em 2014 $ 5.000 cada).

Funcionamento: de março à dezembro, de ter. à dom. das 10h às 18h. Janeiro e fevereiro, das 10h às 19h (fechado de segunda).

 *Possui café e lojinha :)




Plaza de Los Poetas

Antes de chegar em La Sebastiana, encontramos a Plaza de Los Poetas. Ela nada mais é do que uma praça com três estátuas de poetas chilenos: Pablo Neruda (Prêmio Nobel em 1971), Gabriela Mistral (Prêmio Nobel em 1945) e Vicente Huidobro.

Endereço: Calle Ricardo de Ferrari (rua da La Sebastiana).
  




Mirador Arturo Moya Grau

Andando sem rumo, encontramos este pequeno mirante. A vista não é tão bacana, porque quanto mais alto, melhor. Mesmo assim, fizemos algumas fotinhos :)







Plaza Sotomayor

A Plaza Sotomayor está localizada bem pertinho do porto de Valparaíso e é a praça cívica mais importante da cidade. Os monumentos homenageiam os marinheiros que faleceram durante as batalhas de Iquique (Chile contra Peru e Bolívia) e Puenta Gruesa (Chile e Peru). Ambas as batalhas aconteceram durante a Guerra do Pacífico. O nome da praça é uma homenagem ao advogado e político chileno Rafael Sotomayor, que foi ministro da guerra durante a Guerra do Pacífico. Ao redor da praça, existem vários prédios históricos, para quem gosta de arquitetura e história, é uma boa pedida.




Porto

O porto de Valparaíso é a principal atividade econômica da cidade. Fica bem pertinho da Plaza Sotomayor. De longe você já consegue ver as embarcações e na calçada tem uma feirinha de artesanato muito bacana.


Tiramos várias fotinhos e caminhamos ao redor da praia. O local é super movimentado, além da feirinha, tem ambulantes e muitas barraquinhas de besteirinhas! Para quem tiver tempo, eles realizam passeios de barco também, o passeio dura mais ou menos 30 minutos.

Valparaíso é encantadora. Seus cerros, sua vista e suas casas coloridas deixam uma bela impressão. Pretendo voltar e fazer mais passeios, visitar os cerros mais famosos, entrar em alguns museus e andar de ascensores.









Viña del Mar

De Valparaíso até Viña, gastamos mais ou menos 15 minutos de carro, pela Avenida España. 

A cidade possui quase 327.000 habitantes e foi fundada em 31 de maio de 1878. O nome se deu devido a fusão de duas fazendas: Siete Hermanas e Viña del Mar. Ao norte da primeira fazenda, haviam plantações de vinhedos, que ficaram conhecidos como la viña de la mar, depois passou a se chamar Viña del Mar.

A Cidade Jardim, como é conhecida, é uma das mais visitadas no Chile e compete com Punta del Este ~ Uruguai ~ no verão. 

*Quem quiser saber sobre Punta, Colonia del Sacramento e Montevidéu, temos post no blog, clique aqui.


Relógio de Flores

Com certeza o ponto turístico mais visitado da cidade. Um enorme relógio feito de flores, como o nome já diz. Para conseguir uma bela foto, é necessário chegar mais cedo. Chegamos quase no fim do dia e estava bem cheio, conseguimos as fotos com certa dificuldade rsrs. Cartão postal da cidade, parada obrigatória :)

Localização: em frente a praia de Caleta Abarca.




Castelo Wulff

O castelo é avistado de longe: uma construção linda em meio aos rochedos da praia Miramar.

Ele foi construído em 1906, pelo alemão Gustavo Wulff. Após sua morte, a cidade utilizou o castelo omo Museu Naval e hoje ele é um espaço cultural, onde ocorre exposições. 

Infelizmente não entramos no castelo, nem passamos em frente. Mas fica a dica para vocês :)

Endereço: Av. La Marina, 36.

Funcionamento: terça à domingo, das 10h às 13h30 e das 15h às 17h30.




Casino Municipal  de Vinã del Mar

Viña não é Vegas, mas tem cassino com hotel! Inaugurado em 1929, o cassino, imponente, com arquitetura de estilo greco-romano, faz sucesso entre os turistas que adoram uma jogatina. Tem quem não ache que vale a pena a vista, já que se paga para entrar e tem quem ache que vale conhecer. Nós não entramos, passamos em frente apenas, mas como já conheço os cassinos de Las Vegas, não fiz questão de entrar, mas para quem nunca foi à um cassino, eu aconselho parar, para matar a curiosidade.

Em 2003 foi construído o hotel 5 estrelas, o Hotel del Mar, que dá acesso ao cassino.

Endereço: Av. San Martín, 199.

Funcionamento: 24h.

Valor: $ 3.8000 (entrada).


Hotel
Informações:

Fuso-horário: -1h.

Moeda: peso chileno - CLP ($ 1,000 = +/- R$ 0,01). Cotação feita em 2019.

Língua: espanhol.

Valpo: 115 km de Santiago.

Viña: 122 km de Santiago.


1) Para quem quiser fazer a viagem de ônibus, vou deixar o site de três empresas (pelo menos) que fazem: Turbus, Condor e PullmanBus. Valores, horários e terminais rodoviários, estão nestes links. A viagem dura mais ou menos, 1h45. Lembrando que não utilizamos o serviço de nenhuma delas, pois alugamos carro 👍.

2) Para quem ainda não viu o que fazer em Santiago, segue link aqui!

Até mais!!!

Thais
_________________________________________________________________________

PRECISA DE AJUDA PARA FECHAR A SUA VIAGEM?

🚗 Para aluguel de carros: fazer cotações, encontrar os melhores preços, parcelar em até 12x no cartão, procure aqui no site da RentCars.

🔒 Para comprar seguro viagem: fazer cotações com as melhores seguradoras, parcelar em até 12x no cartão e ainda obter 5% de desconto, utilizando o cupom ALBUMDETURISMO5, entre aqui no site da Segurospromo.

📱 Para comprar chip de celular internacional: ter a comodidade de chegar ao seu destino já utilizando as redes sociais, antes de sair do avião, entre aqui no site da EasySim4U.

_________________________________________________________________________

Talvez você goste!!

0 comentários