quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Planejando a viagem: de carro pelos EUA (Califórnia e Nevada)

 Eiiii,

  você há de concordar comigo: existe coisa melhor do que viajar? Pois é, também penso que não, por isso, vou compartilhar com vocês a minha viagem de carro para a Califórnia e Nevada.

  Neste post falarei um pouco sobre a pré viagem, desde a escolha dos lugares até a arrumação das malas.


Welcome to CA

  Esta viagem será dividida em sete posts: 1- São Francisco / 2- Santa Barbara / 3- Beverly Hills e Santa Monica / 4- LA  / 5- Universal Studios / 6- Warner Bros. Studios e Paramount / 7- Anaheim: Disneyland / 8- Las Vegas.

  Este é só um geral do antes da viagem, os detalhes de cada lugar, como sites e endereços, onde alugamos o carro, aeroportos, fuso-horário... estarão disponíveis nos posts.

  É isso, espero que gostem ^.^


  Trajeto

A) São Francisco, B) Santa Barbara; C) Los Angeles; D) Anaheim; F) Las Vegas; E) Barragem de Hoover e G) Grand Canyon.

  Faz um tempo que meu marido queria explorar o oeste dos EUA de carro, então decidimos fazer esta viagem em abril/2013. Aproveitamos uma feira de cinema que acontece anualmente em Vegas e programamos a viagem (que durou 3 semanas ou 20 dias). Ela foi planejada com quase um ano de antecedência!


  Decidimos ir para:

1- São Francisco: 2 noites,

2- Santa Barbara: 1 noite;

3- Los Angeles: 3 noites;

4- Anaheim: 2 noites e  

5- Las Vegas: 8 noites (feira CinemaCon).


  Como fazer roteiro


  Claro que para se fazer uma viagem dessas é preciso do indispensável/precioso roteiro, para que a viagem seja bem proveitosa. Depois da escolha das cidades, partimos para a elaboração do nosso roteiro.

  Geralmente dou uma procurada na internet quais os pontos turísticos mais visitados de cada lugar e os restaurantes mais frequentados.

  Nem sempre conseguimos dar conta de todos os pontos turísticos, devido a falta de tempo (tempo é um problema, não tem como calcular perfeitamente), mas, procuramos visitar os principais. 

  Coloco visitas à museus, presídios, igrejas e praças porque adoro a parte urbana e museu é comigo mesmo, por onde passo tenho que visitar pelo menos um. 

  Me realizo observando as construções e o movimento das cidades, acho o máximo! Entretanto, também adoro visitar paisagens e parques. Resumindo, gosto de tudo em uma viagem, tanto do turismo cultural e religioso, quanto do turismo ecológico. 

  Cada um faz seu roteiro de acordo com o que gosta. Em São Francisco, por exemplo, ficamos sem tempo de andar de bondinho, pois preferimos ir ao Museu do Walt Disney. São escolhas, andar de bondinho é quase que obrigatório lá, mas não foi nossa prioridade naquele momento.


Hotéis

  Fechando o roteiro, partimos para a parte mais complicada pra mim: escolher hotéis. Não sou fã de ficar procurando hotéis, mas, não tem o que fazer né. 

  Escolher cinco hotéis de uma só vez não é fácil, mesmo assim, encaramos a tarefa e fechamos 3 dos 5 hotéis no Decolar.com. Gosto do Decolar porque além de eles parcelarem em 5x (acho que é isso), você pode ler os comentários sobre os hotéis e isso ajuda muito quando se está na dúvida.

  Como foi uma viagem longa, escolhemos os hotéis mais baratos, preferimos preço à conforto desta vez, além disso, nosso roteiro ficou super apertado: saída às 8h do hotel e volta às 21h. Abrimos mão do conforto, todavia, não abrimos mão da localização! Um hotel bem localizado é uma mão na roda, estar perto dos principais pontos turísticos é fundamental (na minha opinião).


  Nossas escolhas foram:

- São Francisco: Clift (muito bom e o segundo mais caro),

- Santa Barbara: Sandpiper Lodge (bem meia boca);

- Los Angeles: Best Western Carriage Inn (bonzinho, mas longe de tudo);

- Anaheim: Anaheim Camelot Inn e Suites (bonzinho e bem localizado) e 

- Las Vegas: Bellagio (o melhor, o mais maravilhoso e claro, o mais caro).



  Diminuindo Gastos

  Todos sabem que viajar tem um valor (às vezes caro, às vezes mais em conta), por isso é importante se programar e saber mais ou menos quanto será gasto.

  De acordo com a nossas contas, esta viagem sairia um pouco expensive, então decidimos comprar alguns passeios meses antes pela internet.

  Pode parecer bobagem, mas isso aliviou bastante nosso bolso na época de ir viajar. Compramos os principais passeios: os estúdios (Universal, Paramount e Warner), a Disneyland foi presente de um amigo do meu marido, o Alcatraz e a Angel Island e também pagamos os hotéis. 

  A viagem estava praticamente paga e o melhor, fomos comprando os passeios e pagando os hotéis aos poucos e não pesou no nosso orçamento. Gastamos uma boa quantia nesta viagem e acreditem, nem sentimos!

  Levamos grana pra comer, para gastar com roupas e suvenires, para comprar ingressos para outros passeios e claro, para abastecer o carro. 

  Cada um sabe quanto pode gastar, então, fizemos um calculo de gastar no máximo 100 doletas por dia. Sim, teve dias que gastamos mais e teve dias que gastamos menos, mas no geral, sobrevivemos muito bem =)




Cash Passport

  Uma dica: se puder evitar levar dinheiro, evite! Não tem nada mais desagradável do que ter que declarar quanto se está levando em cash.

  Pensando nisso, na nossa primeira viagem aos Estados Unidos (em 2010), meu marido comprou dois cartões pré-pago, o Cash Passport  pelo Banco Daycoval.

  Não me lembro quanto ele pagou no cartão, mas não creio que tenha sido caro. A bandeira é da Master Card e a moeda é o dólar, entretanto, tem um cartão que é multi moeda, você pode carregar até seis moedas: dólares americano, neo zelandês, australiano e canadense; libras esterlinas e euro.

  Após adquirir o cartão, ele é enviado por correio, juntamente com a sua senha. Não perca esta senha, perdi a minha e foi uma tortura para recuperá-la, além do mais, você não pode alterá-la. É bem burocrático!

  Para carregá-lo foi simples, liguei no Banco Daycoval (onde fiz meu cartão) e solicitei a recarga com um valor X em real. Na mesma hora, a moça fez a conversão dos valores e me informou o valor a ser carregado em dólar. É gerado um boleto (em real) e enviado para seu e-mail. Este pode ser pago em qualquer agência bancária, mas atenção, o boleto tem validade de no máximo dois ou três dias após gerado.

  Dois ou três dias depois, entrei no site do Cash Passport e verifiquei se o cartão já estava carregado. No próprio site tem a opção "minha conta", onde você entra e digita seu e-mail e os últimos 4 dígitos do cartão. O bacana é que você pode acompanhar seu saldo a todo momento. Durante a viagem além de consultar o saldo pela internet, também consultava o saldo por telefone.

  Perto de ir viajar, fiz um teste: fui até a Droga Raia e utilizei o cartão. Passou numa boa, o cartão é de débito, mas é utilizado na função de crédito.

  Finalizando, se você prefere andar com dinheiro, não tem problema, em toda esquina nos Estados Unidos tem uma máquina da ATM, é só sacar. Todos os lugares por onde andei aceitaram o cartão, não tive nenhum problema em utilizá-lo >.< 



Cash Passport

  Arrumando as Malas

  Além de não gostar de procurar hotéis, não gosto muito de arrumar as malas - acho cansativo demais - por isso, uma semana antes de viajar faço uma lista de tudo o que devo levar.

  Aí vão algumas dicas:


  Roupas/calçados:

- roupas de calor: blusas, saias, vestidos, camisetas, regatas, shorts;

- roupas de frio: casacos, calças, blusas de manga longa, moletom, segunda pele;

- lingerie/meias/meia calça;

- pijama;

- chinelo/sandália/sapato/tênis/bota/sapatilha/rasteirinha.


  Acessórios:

- bijuterias,

- cintos;

- bolsas/mochila;

- prendedores de cabelo;

- óculos de sol/óculos de grau;

- chapéu/boné/touca de frio;

- cachecol/lenço;

- caderno/agenda/caneta;

- livro;

- IPAD.


  Higiene/produtos de beleza/cuidados:

- protetor solar;


- absorventes/protetor diário;
  
- shampoo/condicionador;

- repelente;

- perfume;

- creme hidratante;

- cotonete/algodão;

- sabonete;

- pasta/escova de dente;

- fio dental;

- pente de cabelo;

- gilete;

- lixa de unha;

- lenço removedor de esmalte;

- acetona/esmalte;

- maquiagem/removedor;

- desodorante;

- band-aid;

- remédios;

- lenços de papel;

- touca de banho.

Roupa de cama/Banho:

- fronha/travesseiro;

- lençol/lençol de elástico;

- cobertor/manta;

- tolha;

 roupa de banho;

- canga.


Outros:

- carregadores: celular/máquina fotográfica/notebook;

- notebook;

- máquina fotográfica;

- adaptador de tomada;

- lanterna;

- roteiros/mapas/guias;

- sacos plásticos para roupa suja;

- livros/revistas.


  Espero que as dicas tenham ajudado ^.^

  Viajar vale muito a pena, na minha opinião é o dinheiro mais bem gasto! Planejando e pagando a viagem aos poucos, não fica tão cara. Arrisque conhecer novos lugares, realize seus sonhos =) 



  Até mais!!!


  Thais

2 comentários: